domingo, abril 01, 2007

Saca em 1º no WQS

Dá gosto olhar para o topo da tabela, não dá?, http://www.aspworldtour.com/2007/

Esta noite eu, e diga-se de passagem, uns quantos milhares de portugueses, fomos arrastados pela noite dentro pelo entusiasmo e pelos resultados que o Tiago Pires foi logrando ao longo do "Drug Aware Pro" na Austrália.

Esta prova foi a primeira do ano com a categoria de "6 star PRIME", o que traduzido em miúdos, quer dizer mais pontos e maior "prize money" para os participantes. Torna-se fundamental para quem aspira aos lugares cimeiros do WQS e consequente entrada no WCT, ter bons resultados nestas provas. Tendo por base estas pretensões, até podemos concluir que sem uma boa performance nestes campeonatos, de pouco servirão resultados brilhantes em provas de menor pontuação... como exemplo, podemos verificar que uma vitória num campeonato de 4 estrelas, igualmente difícil de alcançar, vale 1500 pontos, enquanto neste último foram oferecidos o dobro, 3000 pontos.

Margaret River - The Point

Olhando de uma forma global para a participação do Saca neste campeonato, acho que posso dizer que ele foi muito táctico e que não sendo propriamente brilhante foi extremamente prático... Pareceu-me que procurou sempre alcançar duas ondas de valor mediano e até o conseguir nunca arriscou muito nem tentou fazer "bonitos", a ideia passou, essencialmente, por garantir um surf seguro em pelo menos duas ondas de set com potencial... apesar disso, ele mostrou um (o seu) surf poderoso, de batidas fortes e rail cravado, denotando confiança...

A noite começou com um heat (do round de 24) de pôr os nervos em franja, com o mar grande e difícil... Quase no final, com o Tiago em primeiro, todos os atletas fizeram ondas... a buzina tocou e ficaram as notas em suspenso... só quando o heat seguinte ia a meio é que o resultado foi divulgado: Com uma décima a separá-los ficou o Cory Lopez em 1º e o Tiago Pires em 2º... em 3º e apenas a meio ponto atrás quedou-se o brasileiro Bruno Santos.

Deveria ser uma e meia da manhã, mas pareceu-me mais do que razoável esperar 1h30m pelo próxima entrada em acção do Saca... Os seus adversários não prometiam facilidades, Jay Thompson e Dane Reynolds. Este último foi, a meu ver, a figura do campeonato com o surf mais radical... Há uma característica que sublinho no surf do Dane quando em competição, é que ele nunca me parece moderado, surfa sempre no limite e tenta concretizar as bizarrias comuns do seu free surf... como consequência temos alguma inconstância de resultados, mas igualmente momentos de grande brilhantismo... uma delícia para quem assiste, diga-se.

Margaret River, foto de Jamie Scott

Neste heat foi o que aconteceu, o Dane Reynolds passeou-se sem adversários conquistando 18,73 pontos nas duas primeiras ondas... O Jay andou perdido pelo heat e o Saca serenamente seguiu a sua táctica conseguindo duas ondas acima de 6...

Eram quase 4h da matina... faltava cerca de 1h15m para o próximo heat... a vontade era muita mas tive de me render... Teria de cumprir o meu papel de pai às 10h da manhã e levar o meu puto T às aulas de natação para crianças... Dormi umas 5 horitas e lá fui eu com ele, mas claro, ainda vim verificar primeiro os resultados... Deu na pá ao Cory Lopez, a imagem de marca da O'Neill e patrocionadora do evento, nos quartos-de-final... E na semi-final enfrentou novamente o Dane Reynolds, desta vez num mano-a-mano. Pelo que vi nos resultados o Dane abriu as hostilidades com um 8,93... O Saca respondeu novamente na mesma linha de comportamento que o levou até aí... um 7,17 e depois um 6,00... O Dane nunca conseguiu o 4,24 necessário (terei de confirmar, mas especulo se não terá sido, exactamente, por continuar a cometer excessos e não ter conseguido completar manobras)...

Margaret River, foto de Jamie Scott

O Saca não ganhou na final, mas esta regularidade e este resultado é uma grande vitória e sem dúvida um marco na sua carreira. De 4º lugar, saltou para 1º no ranking com mais de 1000 pontos de vantagem sobre o Neco Padaratz que saltou para 2º.

Tenho sido muito cauteloso e tenho-me isentado de prognósticos... mas este ano o Saca, já com 6775 pontos, precisa de pouco mais do que juntar mais 2 ou 3 bons resultados ao seu score (melhor seriam 4)... E numa altura em que faltam ainda 5 provas de 6 star PRIME, uma Super Series e 6 provas de 6 star, tem ainda muito por onde ir buscar os pontos necessários...

Estas foram as palavras do Tiago pós final:
I was really tired in the Final and probably made a tactical error in trying to find a left-peeling wave, while Perrow did the right thing and found some really good rights. It’s a great result for me however. The points are really important and I have never started seasons very well before, and on two occasions I have just missed out on qualifying. Right now, I’m number one on the ratings and that’s really good, but it’s very early days and there’s a lot ahead for me.

Parece manter a postura certa... Dá-lhe SACA!

5 comentários:

Cuze disse...

Exacto.
Era o que eu comentava com o Migas, ja bem depois de vocês todos se terem ido deitar aos poucos!!! LOL
O Saca passou os dois ultimos heats conseguindo apanhar grandes esquerdas e com um surf de backside muitissimo bom. Grandes cutbacks e sempre a ir ao topo mandar as pauladas da praxe.
Foi assim que limpou o Cory e o Dane Reynolds que acabou, nesse heat por não conseguir exibir a irreverência e radicalidade que até ai tinha vindo a ostentar.
Na final acho que foi isso mesmo: o Tiago parecia cansado sim, o Perrow começou sempre os heats muito forte e desta vez aconteceu isso mesmo, e o Saca não respondeu. Acabou por chegar a dar combinação para o tuga. E pronto, nem uma esquerda daquelas veio para o Saca, o que acabou por dificultar muito a tarefa, pois ele estava intratável nas esquerdas!
Qualquer das formas, excelente resultado. Parabéns Saca!!
Belo post!

pedro disse...

caro pedro

grande resumo, concordo com tudo, no fim o que "matou" o Saca foi o obvio cansaço fisico e mental que levou a uma tática ingrata de esperar por ondas que não vieram...

pedro

Tangerina disse...

Olá. Só para dizer que gosto da tua alma salgada e dos solavancos que impões à vida:))

Bjo com sumo de tangerina.

stokedsurfer disse...

É um prazer vir regularmente ao Alma Salgada para ler os teus textos.

Força Saca!!

Maura Gomes disse...

Adorei o blog.