quinta-feira, agosto 24, 2006

Intervalo


Foto de Frock

Recordo-me muitas vezes de um filme e em especial numa história contada por um dos seus protagonistas...
Contava ele que, em determinada expedição ao interior de uma selva, contrataram os membros de uma tribo local para servirem de guias e levarem alguma da sua carga.
O entusiasmo dos exploradores levava-os a querer andar depressa até ao seu destino final, mas os guias, os tais membros da tribo local, teimavam em parar frequentemente...

Surfista não identificado em Pipeline, foto de Dave Bjorn

demasiado
frequentemente até... mesmo sem aparentarem qualquer sinal de cansaço, não passava uma meia hora sem que eles suspendessem a marcha durante algum tempo... Estranharam o comportamento, mas respeitaram o ritmo, até que, já algo desconcertados com aquela atitude, lhes perguntaram o porquê de tantas paragens.


Foto de John Bilderback

A explicação, apesar de aparentemente ingénua, é facilmente geradora de muitas reflexões e possíveis analogias à nossa vida na sociedade moderna.


C. J. Hobgood, foto de Childs

Explicaram eles que, como estavam a andar muito depressa, sentiam que as suas almas podiam não estar a acompanhar o ritmo... como tal tinham de parar de tempos a tempos para que ela os alcançasse...


Foto de John Bilderback

Sugeria portanto um intervalo... e que, enquanto ficam à espera da vossa alma, se estirassem nos vossos acentos, clickassem no play do leitor de música aqui do lado e apreciassem com deleite estas imagens ao som da Carmina Burana de Carl Orff...


Juel Tudor em Pipeline, foto de J. Brother

6 comentários:

KaLhaU disse...

Sem duvida que foi uma forma genial de dizer que tens um player no teu blog.... eheheheheh

:)

Cuze disse...

eheheheheheeheh
pois foi...
mt bem!!
ja vi que conseguiste finalmente por o player a bulir... e logo com a musica que abriu o Babylon dos Soulfly no Paradise, hein!!! Lembras-te?

Pedro Ferro disse...

Finalmente consegui por o music player no blog, lol.

O texto começou de uma forma completamente diferente... Queria falar de momentos épicos e dai ter escolhido esta música... acabei por me fo filme, desta história e a coisa acabou por resultar nisto, lol!

Pedro Ferro disse...

Peço desculpa a quem veio aqui ao blog e não consegue ouvir a música que eu sugeria dar a ouvir... parece que houve alguém que lhes quis dar outra lista de música a ouvir e não sei como alterou-a... os meus parabéns ao ilustre, "és um ganda maluco"...

Vou tentar alterar isto logo que possa...

Sudha disse...

Bem que poderia acontecer o inverso, a nossa alma esperar por nós.
Parabéns pelo blog :-)

Pinto disse...

Com textos destes acho que o teu blog vai servir de clareira a muita gente...

Abraço